EUA retiram Cuba da lista de estados promotores do terrorismo

Agências -Redacção de TSA.
O secretário do Estado dos Estados Unidos resolveu rescindir a designação de Cuba como Estado Promotor do Terrorismo, que se torna efetiva desde 29 de maio. A lista de Estados Terroristas foi elaborada de forma unilateral por Washington, e Cuba foi incluída desde 1982. A partir dessa data, Cuba foi objeto de ataques terroristas procedentes do território dos EUA, porém as acussações contra o governo cubano por difundir a violéncia com objetivos políticos, probaram carecer de qualquer fundamento.

O porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Jeff Rathke, em uma nota oficial indicou que “o prazo de 45 dias de notificação ao Congresso expirou e o secretário do Estado adotou a decisão final de rescindir a designação de Cuba como Estado Promotor do Terrorismo, que se torna efetiva hoje, 29 de maio”. A nota precisa que os Estados Unidos mantêm significativas preocupações e divergências com Havana, mas não existem critérios relevantes para manter essa política e a ação reflete a convicção estadunidense de que Cuba reúne os critérios para ser excluída.
Para ser efetiva, a decisão requer de sua publicação no Federal Register, o jornal oficial estadunidense, embora a repartição diplomática assegurasse que a decisão se torna efetiva de imediato.

tres

Deixa unha resposta

O teu enderezo electrónico non se publicará